Dicas para escolher o melhor tipo de telha para seu telhado

Principais pontos a serem observados na critério da telha:

– Levar em conta a orientação do telhado

– Nas telhas há a informação sobre intensidade de inclinação que são indicadas.

Se utilizar uma como mais ou menos ângulo do que o indicado para o telhado vai acrescentar calor, água, vento.

A título de exemplo, se a a telha exige uma inclinação de 5%, se for instalada em 40% vai ser arrancada naturalmente pelo vento, complementa.

– Aferir se o tipo de telha combina com o tamanho do telhado e o modo de construção. Habitualmente o arquiteto já define o tipo de telha em referência a estética do projeto. O jeito da casa determina o tipo de compra.

– A capacidade do material vai influenciar na durabilidade do produto.

 

Preocupações na instalação das telhas :

– É inevitável contratar um especialista que entenda da construção da cobertura, junção e fixação de telhas .

– As bordas das telhas devem ser fixadas. As de cerâmica tendo como exemplo, se uma beirada levanta acaba levando todas as outras juntas.

Tipos de Telhas:

Telhas Cerâmica

Similarmente conhecidas como telhas de argila, as de cerâmica são as mais antigas e ainda as mais usadas em residências. Nas casas coloniais portuguesas todas as telhas eram feitas por escravos que modelavam o barro nas coxas. Após, eram secas ao sol e passava-se banha de baleia ou betume.. São inúmeras as utilidades.

Elas dão mais bem-estar térmico e são mais bonitas visualmente, além de serem muito eficientes em termos de vedação. O melhor é optar pelas que já vem com proteção sintético de fábrica, que dá absoluto proteção e conservação.

Há as telhas naturais, sem revestimento qualquer, as esmaltadas, com filme de proteção que, conforme a produção, costumam reduzir de cor com o tempo e as vitrificadas, famosas por serem mais resistentes. A vitrificada é mais normal porque evita a ação das bactérias, fuligem e sujeira. Dessa forma facilitam a conservação e acabam sendo mais duráveis. Há muitos modelos de telhas de cerâmica, como as coloniais, francesas, portuguesas, romanas, dentro de outras.

Telhas de Concreto

Há muita procura no mercado pelas telhas de concreto, em consequência de à durabilidade e bem-estar térmico.

Ela requer pouco madeiramento, economizando na estrutura, percebe Santos. A desvantagem é que precisam de uma conservação anual. Tal como são mais pesadas, porosas e também suscetíveis a umidade, necessitam de uma limpeza no mínimo uma vez ao ano. Habitualmente, elas não vêm com um esmalte de manto. Por isso é necessário aplicar qualquer resina pra fazer a proteção e impermeabilização. Existe muitas opções de cores de telhas de concreto no mercado, além de outras opções de formatos que não são disponíveis em cerâmica.

 

Telhas Fibra (Amianto)

De custo inferior, tem vida utilizável melhor curta que as outros e não dão muito conforto térmico. A essencial vantagem é que são capazes de ser utilizadas em coberturas de poucas inclinações. Habitualmente, são aplicadas em edificações mais simples.

Foram popularizadas pela marca Brasilit, mas há várias outras no mercado. Existem vários formatos de telhas de fibracimento, com opções de grau de ondulação, como as que imitam as coloniais de barro. São bastante usadas em indústrias e no comércio, em galpões e também em edifícios, sobretudo em coberturas com parapeito alto, onde não se consegue enxergar o telhado em si.

Telhas Metálicas

Costumam ser as escolhidas quando a desejo é cobrir enormes vãos, já que apenas uma telha chega a possuir quatro metros de comprimento. A fim de construir a cobertura de um galpão as telhas metálicas estão entre as mais indicadas. Dentro de muitos casos, não possibilitam aconchego térmico.

Telhas Ecológicas

Já existem no mercado muitas opções de telhas ecológicas, feitas de fibras naturais recicladas, com a mesma capacidade de outros materiais. Na fabricação são recicladas fibras de madeiras, sisal, bananeira ou coco e são adicionados betume, pigmentos e uma resina especial, que protege contra os raios UV. Algumas podem ser fabricadas com papel reciclado, asfalto e resina. Tal como as telhas ecológicas também devem passar por uma regulação da ABNT são seguras em semelhança à resistência e durabilidade.

Cobertura de laje, sem telhas A alternativa por lajes planas em um terraço necessita de outras implicações. 

Write a Reply or Comment